Pesquisa de Notícias Mês: Ano: Assunto:

Notícias

SUPERLIGA MASCULINA DE VÔLEI 02/03

PERFIL DAS EQUIPES PARTICIPANTES

BANESPA/MASTERCARD (SP) Tradicional time brasileiro, o Banespa não conta mais com a presença de Giovane nesta temporada. No entanto, tem no seu elenco outros dois campeões mundiais: o líbero Escadinha e o meio-de-rede Rodrigão, que são as principais estrelas da equipe. Pela sexta temporada consecutiva, a equipe será comandada pelo treinador Mauro Grasso. O Banespa foi a única equipe masculina que Mauro dirigiu até o momento, anteriormente, ele havia comandado a extinta equipe feminina da Sadia. Apesar de ser tetracampeão brasileiro - 87, pelo Campeonato Brasileiro, e 89/90, 90/91 e 91/92, pela Liga Nacional - o time nunca conquistou a Superliga. Quando venceu o campeonato ainda não tinha esta denominação. Na temporada passada, os paulistas chegaram perto do título: foram vice-campeões, perdendo a final para o Telemig Celular/Minas. Colocação na última Superliga: segundo lugar Principais títulos 1989, 90, 91, 2000 e 2001 - campeão estadual 2001/2002 - vice-campeão da Superliga 2001 - campeão da Supercopa dos Campeões 2000 - campeão da Supercopa dos Campeões 1996/97 - vice-campeão da Superliga 1988, 89, 90, 91, 92 e 93 - campeão do Campeonato Sul-Americano de Clubes 1991/1992 - campeão da Liga Nacional 1990/1991 - campeão da Liga Nacional 1989/1990 - campeão da Liga Nacional 1990 - vice-campeão do Campeonato Mundial de Clubes 1991 - vice-campeão do Campeonato Mundial de Clubes 90 1990 - campeão da Copa Brasil 1991 - campeão da Copa Brasil 1994 - campeão da Copa Brasil 1987 - campeão brasileiro BENTO GONÇALVES (RS) A começar pela comissão técnica, a equipe gaúcha vem completamente renovada para a Superliga 02/03. O vitorioso técnico Jorge Schmidt assumiu o comando do time, trazendo com ele jogadores mais experientes como o meio-de-rede Carlos Schwanke e o ponta Alex Lenz. Esta será a quinta vez que a equipe gaúcha disputa a Superliga. Desde 98/99, quando estreou no torneio, o time de Bento Gonçalves não ficou entre os primeiros. Nas três últimas edições, os gaúchos terminaram na 11ª colocação. Agora, embalados com o novo treinador, esperam superar as colocações anteriores e brigar de igual para igual com os favoritos. Colocação na última Superliga: 11º lugar Principais títulos 1997 - campeão da VIII Copa Rio Grande do Sul 1997 - campeão estadual 1998 - vice-campeão da Copa Sul 1998 - vice-campeão estadual 2000 - campeão da Copa Sul 2000 - campeão estadual 2001 - vice-campeão da Copa Brasil INTELBRAS/SÃO JOSÉ (SC) Campeã da Liga Nacional, a Interlbras/São José, que havia terminado a última Superliga na 10º colocação, voltou a elite do voleibol nacional. Esta é a quarta vez que o time de Santa Catarina participa da competição. O time catarinense disputa a Superliga há três temporadas e nesta continuará sob o comando do técnico Djalma Cardoso. Colocação na última Superliga: 10º lugar Principais títulos 2002 - Campeão da Liga Nacional 99 e 2001 - Vice-campeão da Copa Sul 2001 e 2002 - Vice-campeão Estadual 2001 e 2002 - Bicampeão dos Jogos Abertos Brasileiros 99, 2000 e 2001 - Vice-campeão dos Jogos Abertos de Santa Catarina LUPO/NAÚTICO/FUNDESPORT (SP) Desde a segunda edição da Superliga (95/96), o time paulista marca presença na competição. Sua melhor colocação foi o quarto lugar na temporada 97/98. Este ano será comandado pelo técnico Paulo Mori e tem inscritos destaques como o atacante Max, com passagem pela seleção brasileira masculina adulta, o levantador campeão mundial juvenil André Eloi e o oposto Roim, que também já defendeu o Brasil na seleção adulta. Colocação na última Superliga: 6º lugar PALMEIRAS/GUARULHOS (SP) Um dos principais reforços do Palmeiras/Guarulhos para a temporada está no banco de reservas. Ex-assistente-técnico do tricampeão Telemig Celular/Minas, Jarbas Ferreira assumiu o cargo de treinador e lutará para que o grupo supere a oitava posição do ano anterior. Além da comissão técnica modificada, o time paulista trouxe mais reforços de outros clubes: o meio de rede Alberto, campeão mundial juvenil em 2001, e o ponta Fábio, ambos do Telemig Celular/Minas; o ponta Lorena e o meio-de-rede Marcelo Patel, da Ulbra; e o ponta Ricardo Serafim, do Shopping ABC/Santo André. Colocação na última Superliga: 8º lugar Principais títulos 1992- 93 - 01 e 02 - vice-campeão paulista 2000 e 2001 - campeão da Copa Sudeste 2001 - campeão dos Jogos Abertos do Interior 2001 - campeão Copa Challenger 2000 - vice campeão da Copa Brasil 1993/94 - vice campeão da Liga Nacional SHOPPING ABC/SANTO ANDRÉ (SP) Cidade que já foi sede da tradicional Pirelli, Santo André começou a participar da Superliga na temporada 95/96, patrocinada pela Interclínicas. Depois, ficou afastada dois anos e voltou na edição 98/99, com o nome de Coop/Santo André. Já como Shopping ABC/Santo André, fez equipes consideradas favoritas suarem na temporada passada. Esta é a terceira vez consecutiva que o Shopping ABC patrocinará a equipe. Em 02/03, a equipe tem reforços como o ponteiro Jacke, que na última Superliga defendeu o Banespa, o meio-de-rede e também oposto Itápolis, campeão brasileiro pela Ulbra (99/00) e com passagem pela seleção brasileira (97, 98 e 99), e Evandro Guerra, campeão mundial juvenil. Colocação na última Superliga: 5º lugar Principais títulos 98 - campeão dos Jogos Regionais 99 - campeão dos Jogos Regionais 99 - terceiro lugar nos Jogos Abertos do Interior 2000 - vice-campeão dos Jogos Regionais 2000 - vice-campeão dos Jogos Abertos do Interior 2001 - campeão dos Jogos Regionais 2001 - quarto lugar no Campeonato Paulista 2001/2002 - quinto colocado na Superliga 2002 - vice-campeão dos Jogos Regionais 2002 - quarto colocado no Campeonato Paulista TELEMIG CELULAR/MINAS (MG) O vitorioso time do Telemig Celular/Minas tenta manter a hegemonia e conquistar o tetracampeonato da Superliga. Desta vez, no entanto, não conta com os campeões mundiais Dante e André Nascimento, que jogam na Itália e na Grécia, respectivamente. Entretanto, tem o levantador Maurício, eleito o melhor em sua posição no último Mundial, e o meio-de-rede Henrique, também ouro nesta competição. Tradicionalmente celeiro de grandes craques, o Telemig Celular/Minas aposta mais uma vez e mesclar estrelas com jovens talentos - fórmula já consagrada pelo técnico Cebola nas últimas edições. Entre eles, o atacante Bruno Zanuto, campeão mundial infanto-juvenil, e que este ano treinou como convidado do técnico Bernardinho com a seleção brasileira adulta. Outro destaque dos jogadores mais novos é o ponta Ashlei, revelação na última Superliga. Colocação na última Superliga: CAMPEÃO Principais títulos 99/00, 00/01 e 01/02 - Tricampeão da Superliga - Telemig Celular/Minas 1984, 85 e 86 - tricampeão brasileiro 1984, 1985 e 1999 - tricampeão sul-americano 1986 - vice-campeão sul-americano 88/89 - vice-campeão brasileiro 2001 - campeão mineiro 1994 e 1996 - bicampeão mineiro 1993 e 1995 - vice-campeão mineiro 97/98 - 6º lugar na Superliga 98/99 - 9º lugar na Superliga 1984 a 1992 - pentacampeão mineiro 2000 - vice-campeão mineiro 1964 e 1965 - bicampeão brasileiro UCS - UNIVERSIDADE CAXIAS DO SUL (RS) É a novidade da Superliga 02/03. A Universidade Caxias do Sul chegou à Superliga após o vice-campeonato da Liga Nacional, competição trampolim para a elite do voleibol brasileiro. Contando com um jovem time com média de idade de 22,2 anos, o time gaúcho, comandado pelo técnico Paulo Roese não quer fazer feio entre os grandes clubes. A média de altura chama a atenção neste time: 1,96m. O jogador mais alto é o ponta Alex Damião, de 21 anos, com 2,09m. Além dele, mais quatro jogadores medem 2m ou mais. Colocação na última Superliga: não participou. Conquistou a vaga ao sagrar-se vice-campeã da Liga Nacional. ULBRA (RS) A saída do técnico Jorge Schmidt parece não ter abalado a Ulbra, que continua sendo uma das grandes forças do voleibol atual. O time de Canoas, agora comandado por Marcelo Fronckowiak, chega embalado para a Superliga 02/03. Foram 20 vitórias em 20 jogos na fase de preparação, mais o título gaúcho e o do Grand Prix Vôlei Brasil. A aposta é na juventude de quatro campeões mundiais juvenis (Riad, Roberto, Dante e Jardel), juntamente com a presença de jogadores que fizeram história, como o campeão olímpico Marcelo Negrão e o levantador Ricardinho, ouro no Campeonato Mundial, na Argentina. O time da Universidade Luterana do Brasil participa da Superliga desde a temporada 96/97. Os gaúchos já conquistaram o título da Superliga por duas vezes: em 97/98, com o patrocínio da Diadora; e em 98/99, patrocinado pela Pepsi. Na última temporada, a Ulbra terminou na quarta colocação, sendo eliminada pelo Banespa, nas semifinais. Colocação na última Superliga: quarto lugar Principais títulos 1996 - Vice-campeão Copa Brasil 1996 - Vice-campeão Euromash - França 1996, 97, 98, 99, 00, 01) - hexacampeão do Estadual Adulto 1996, 97 e 01 - Tricampeão da Copa Sul 96/97 - 6º lugar Superliga 1997 - 2º lugar Torneio de Roeselare - Bélgica 1997 - 3º lugar Torneio de Nordhorn - Alemanha 1997 - Campeão Torneio de Saint Anthonis - Holanda 1997 e 1998 - Bicampeão Torneio de Saarbrücken - Alemanha 97/98 e 98/99 - Bicampeão Superliga 1998 - Campeão Euromash - França 1998 - Campeão Torneio de Berna - Suíça 1998 - Vice-campeão Campeonato Carioca 1999 e 2000 - Bicampeão Grand Prix 00/01 - Vice-Campeão Superliga 2001 - Campeão Taça Premium 2001 - Campeão Copa Brasil (2001) 2001 - Vice-campeão Grand Prix 99/00 e 01/02 - 4º lugar Superliga UNISUL (SC) A Unisul está há três temporadas na Superliga e nunca ficou fora do pódio - vice-campeã em sua estréia (99/00) e terceira colocada nos dois últimos campeonatos. Neste ano, comandada pelo ex-levantador argentino Carlos Weber, espera conquistar o inédito título. Uma das novidades da equipe é a inscrição do campeão olímpico Carlão no seu elenco. Outros nomes também merecem destaque: o líbero Jeff, ex-Ulbra, o oposto Tuba, melhor atacante da Superliga passada pelo Shopping ABC/Santo André, o meio-de-rede André Heller, seleção brasileira masculina, e Zago, que defendeu a seleção brasileira juvenil na conquista do título do Mundial 2001, na Polônia. Nos bastidores, as jogadas certeiras ficam por conta de outro craque: o atacante Renan Dal Zotto, medalha de prata nos Jogos Olímpicos de Los Angeles/84. Atualmente, presidente do clube. Colocação na última Superliga: terceiro lugar WIZARD/SUZANO (SP) O Wizard/Suzano chega para a Superliga 02/03 credenciado pela conquista do título paulista desta temporada. A vitória de 2 a 0 na série melhor de três sobre o Palmeiras/Guarulhos confirmou a força do elenco, que conta com novidades de peso como o campeão olímpico e Mundial Giovane e o levantador Marcelinho. Além do paulista, nesta temporada, o time conquistou a medalha de ouro nos Jogos Abertos do Interior. Liderado pelo treinador Ricardo Navajas, o time de Suzano quer o bicampeonato da Superliga. O primeiro título dos paulistas foi na Superliga 96/97. Em outras duas edições (95/96 e 98/99), a equipe ficou com o vice-campeonato. Colocação na última Superliga: sétimo lugar Principais títulos 2002, 99, 98, 97, 95, 94, 93 e 92 - campeão paulista 2001 - campeão do Grand Prix Vôlei Brasil 1996/97 - campeão da Superliga 1993/94 - campeão da Liga nacional 1992/93 - campeão da Liga Nacional 1994 - campeão da Copa CBV 1992 - campeão da Copa Brasil 1993, 94, 95, 99, 2000 2 2002 - campeão dos Jogos Abertos do Interior 1998 e 99 - campeão da Copa São Paulo 1993, 95, 96, 97 e 98 - campeão do Torneio Flanders Gala, na Bélgica. 1995 - campeão sul-americano 1995 - campeão do Torneio Ilhas Canárias, na Espanha. 1994 - campeão do Torneio Centenário, na Venezuela. 1994 - campeão do Torneio Botropp, na Alemanha. 1994 - campeão do Torneio Internacional, na França Assessoria de Comunicação - CBV/Edelman do Brasil

Rua Belém, 322 – Vila Assunção – Santo André(SP) – Cep 09030-120 | Telefone: (11) 4438-8200
Plantão: (11) 9 7653-7957
©GANegócios do Esporte - 2009 - Todos os Direitos Reservados | Criação de sites: PWI Web Studio