Pesquisa de Notícias Mês: Ano: Assunto:

Notícias

VÔLEI MASCULINO - CAMPEONATO PAULISTA / FINAL

BANESPA É CAMPEÃO PAULISTA PELA QUARTA VEZ

Apesar de as estatísticas apontarem para o teórico favoritismo do Fenabb / Zipnet / Suzano, a prática foi bem outra hoje (11) à noite no lotado Ginásio Paulo Portela, em Suzano. O Banespa foi acima de tudo um time guerreiro e vibrante, ganhou por 3 sets a 0, fechou o playoff em 2 a 1 e ficou com o título do Campeonato Paulista de Vôlei Masculino pela quarta vez na história - foi tricampeão em 89, 90 e 91. A cidade de Suzano e o técnico Ricardo Navajas tentavam o oitavo título, sendo o quarto consecutivo. Nas decisões diretas entre ambos, em 95, 98 e 99, deu Suzano, mas hoje o Banespa quebrou todos os tabus e não permitiu que se completasem nove anos do título de 91, quando a equipe tinha, entre outros, Maurício, Tande e Marcelo Negrão. Quando muitos imaginavam outro jogo como os dois últimos - 3 a 2 -, a equipe do técnico Mauro Grasso precisou de apenas 75 minutos para ganhar com parciais de 18-25 (21min), 26-28 (27min) e 21-25 (27min), numa partida de alto nível técnico, que valoriza ainda mais o vôlei paulista. No primeiro set, o Banespa deu as cartas e ainda jogou de mão. Além de muita vibração, garra e determinação, a equipe mostrou qualidades indiscutíveis. A começar pelo saque forçado e o ataque fulminante, enquanto que o Fenabb/ Zipnet não conseguiu trabalhar com o passe na mão e acabou esbarrando numa garra defensiva contagiante. Chegaram a estar empatados em 7 a 7, mas depois o Banespa comandou o placar e chegou a abrir seis pontos (13-19). No segundo set, prevaleceu o equilíbrio. O Fenabb / Zipnet errou menos, mas o Banespa manteve as virtudes e o ritmo. A diferença para um ou outro jamais passou de dois pontos. A vibração do Banespa foi mantida e nível também - excepcionais. No terceiro set, o Suzano veio para o tudo ou nada, vibrou mais e manteve pequena vantagem, mas permitiu igualdade em 19 e a virada do Banespa com méritos indiscutíveis. O técnico Mauro Grasso enalteceu a união do time, a concentração, a vibração e destacou a qualidade do saque: “A equipe estava unida, concentrada, e o saque forçado foi fundamental para a vitória”, declarou. Já Ricardo Navajas foi econômico: “O grupo recebe para ganhar, mas nem sempre dá. Curiosamente, sempre ganhávamos as finais com o Banespa, mas agora perdemos” - disse. . Banespa: Leandro, Braz, Gustavo, Joel, Dirceu, Axé, Escadinha, Rapha, Badá e Murillo. Fenabb / Zipnet/ Suzano: Marcelo Negrão, Ricardinho, Dante, Bozkinho, Enoch, Rodrigão, Celsinho, Lilico, Cristal, Rodriguinho, Ricardo Serafim e De Paula. Árbitros: Dalmir Medeiros e Valdir Dellaqua.

Rua Belém, 322 – Vila Assunção – Santo André(SP) – Cep 09030-120 | Telefone: (11) 4438-8200
Plantão: (11) 9 7653-7957
©GANegócios do Esporte - 2009 - Todos os Direitos Reservados | Criação de sites: PWI Web Studio