Pesquisa de Notícias Mês: Ano: Assunto:

Vôlei

04/05/2002

SUPERLIGA MASCULINA - DECISÃO

COM A VITÓRIA NAS MÃOS, BANESPA PERMITE VIRADA DO TELEMIG CELULAR / MINAS

SÃO BERNARDO DO CAMPO – SP (LCS) – Após vencer os dois primeiros sets, o Banespa permitiu uma virada do Telemig Celular / Mina da tarde deste sábado (04). A partida, que foi a primeira da série melhor-de-três da final da Superliga Masculina de Vôlei, terminou em 3 a 2 (parciais de 25-22, 25-22, 22-25, 22-25 e 10-15), em 116 minutos. No total, 5.034 torcedores compareceram ao Ginásio Poliesportivo de São Bernardo do Campo - SP. O Telemig Celular / Minas tem a vantagem de decidir em casa, no Ginásio Mineirinho, em Belo Horizonte – MG – o segundo jogo será no próximo sábado. Apesar do resultado a favor dos mineiros, o jogador que mais pontuou em quadra foi o ponta Léo, do Banespa, que colocou a bola no chão 20 vezes. E no que Léo é especialista, o ataque, o clube paulistano foi superior: 62 pontos contra 50. No saque, o Banespa conquistou dois pontos, um a menos que o adversário. A equipe paulistana também foi superior no bloqueio, somando 14 pontos contra 12. Mas o que fez diferença no resultado foram os erros, pois o Banespa falhou em 42 lances (20 no saque) e o Telemig Celular / Minas, em apenas 26 (16 no saque). O melhor jogador em quadra, eleito pela Imprensa, foi o levantador Maurício, que recebeu o troféu VivaVôlei. O técnico do Banespa, Mauro Grasso, disse que o terceiro set foi crucial. “Nós sabemos que o Minas tem uma equipe que, no papel, é superior. Mas, pela nossa campanha, sabemos que temos condições de vencê-los, tanto que ganhamos lá em Belo Horizonte por 3 a 0. Fizemos um jogo perfeito até o terceiro set, quando os atletas perderam a tranqüilidade e se mostraram muito ansiosos para fechar o jogo”, explicou o treinador, observando o que deve ser feito na segunda partida da final. “Não podemos fazer como hoje, pois perdemos o foco no adversário. Iremos abastecer os jogadores com muita informação sobre este jogo, para que os mesmo erros não sejam repetidos, além de chamar a atenção dos atletas sobre a parte comportamental”, finalizou Grasso. O atacante Giovane, que apareceu com um novo visual, analisou a partida. Ele raspou a cabeça e seus companheiros pintaram os cabelos de vermelho. “Foi um jogo bem disputado, conseguimos imprimir um forte ritmo mas pecamos pela insegurança. Não acreditamos que podíamos vencer e, contra um time grande, não é possível vacilar”, afirmou Giovane. Para a próxima partida, Giovane resumiu em uma palavra o que a equipe tem que fazer em quadra: “Jogar”. Banespa: Rodrigão, Nei, Giovane, Murilo, Léo, Leandro e Sérgio Dutra (líbero), além de Joel, Roim e Badá. Telemig Celular / Minas: Ezinho, Maurício, Douglas, André, Henrique, Dante e Serginho (líbero), além de Rafa, Douglas e Leandro. Reportagem: Ângela Monteiro e Ana Andrade; plantão: Luiz Carlos Sperandio

Rua Belém, 322 – Vila Assunção – Santo André(SP) – Cep 09030-120 | Telefone: (11) 4438-8200
Plantão: (11) 9 7653-7957
©GANegócios do Esporte - 2009 - Todos os Direitos Reservados | Criação de sites: PWI Web Studio